Conheça a UEMA

A UEMA teve sua origem na Federação das Escolas Superiores do Maranhão – FESM, em 22 de agosto de 1972 para coordenar e integrar os estabelecimentos isolados do sistema educacional superior do Maranhão. A FESM foi transformada na Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, em 30 de dezembro de 1981, e teve seu funcionamento autorizado pelo Decreto Federal nº 94.143, em 25 de março de 1987, como uma Autarquia de regime especial, pessoa jurídica de direito público, na modalidade multicampi. Inicialmente, a UEMA contava com 3 campi e sete unidades de ensino, dentre elas: Estudos Básicos; Estudos de Engenharia; Estudos de Administração;  Estudos de Agronomia; Estudos de Medicina Veterinária; Estudos de Educação de Caxias; e Estudos de Educação de Imperatriz.

Em 31 de Janeiro de 2003, foi criado o Sistema Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, do qual a UEMA passou a fazer parte, e a Universidade passou a vincular-se à hoje intitulada Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Desenvolvimento Tecnológico – SECTEC.

São objetivos da Universidade promover o ensino de graduação e pós-graduação, a extensão universitária e a pesquisa, a difusão do conhecimento, a produção de saber e de novas tecnologias interagindo com a comunidade, com vistas ao desenvolvimento social, econômico e político do Maranhão.

Distribuição da Uema no Estado

Números gerais da UEMA
  • • 20 Campi
    • 05 Pró-Reitorias
    • 13.085 alunos nos cursos de graduação (nos três turnos)
    • 4.681 alunos nos cursos de pós-graduação
    • 839 docentes efetivos
    • 326 professores contratados
    • 35 Polos de Educação à Distância
    • 36 Cursos de graduação
    • 20 Cursos de Pós-graduação
    • Mais de 100 laboratórios (ensino e pesquisa) pelo estado
    • 16 Acordos de cooperação Internacional
    • 28 Polos Programa Ensinar
    • 13 Polos UNABI
    • 10 Empresas Juniores
CENTROS (20)
  • CCA- Centro de Ciências Agrárias – Campus Paulo VI
  • CCSA – Centro de Ciências Sociais Aplicadas – Campus Paulo VI
  • CCT- Centro de Ciências Tecnológicas – Campus Paulo VI
  • CECEN- Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais – Campus Paulo VI
  • CESB- Centro de Estudos Superiores de Bacabal
  • CESBA – Centro de Estudos Superiores de Balsas
  • CESBAC- Centro de Estudos Superiores de Barra do Corda
  • CESC – Centro de Estudos Superiores de Caxias
  • CESCD – Centro de Estudos Superiores de Codó
  • CESCN – Centro de Estudos Superiores de Coelho Neto
  • CESCO – Centro de Estudos Superiores de Colinas
  • CESCOR – Centro de Estudos Superiores de Coroatá
  • CESGRA – Centro de Estudos Superiores de Grajaú
  • CESI – Centro de Estudos Superiores de Imperatriz
  • CESITA – Centro de Estudos Superiores de Itapecuru Mirim
  • CESJOP- Centro de Estudos Superiores de São João dos Patos
  • CESLAP – Centro de Estudos Superiores de Lago da Pedra
  • CESP – Centro de Estudos Superiores de Pedreiras
  • CESPI – Centro de Estudos Superiores de Pinheiro
  • CESPRE – Centro de Estudos Superiores de Presidente Dutra
  • CESSIN – Centro de Estudos Superiores de Santa Inês
  • CESTI – Centro de Estudos Superiores de Timon
  • CESZD – Centro de Estudos Superiores de Zé Doca