Saiba qual é o procedimento para abertura de Convênios Internacionais da UEMA

Visando ao fortalecimento da internacionalização dentro da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e à colaboração de docentes que realizaram ou realizam pesquisas em universidades estrangeiras e almejam iniciar uma parceria da UEMA com essas instituições, a Assessoria para Relações Internacionais (ARI) informa o procedimento para abertura de tais convênios.

UEMA e Grenoble INP iniciam acordo de cooperação internacional até 2023
UEMA e Universidade da Beira Interior, em Portugal, iniciam acordo de cooperação internacional até 2020

Para o assessor da ARI, professor Thales de Andrade, o fluxo processual correto garante maior celeridade à conclusão de cada processo. “É importante destacar que na política de internacionalização da Universidade não há preocupação com o aumento quantitativo de convênios, mas sim com a qualidade de cada acordo para os alunos, professores e pesquisadores de ambas as universidades”, afirma.

De acordo com o Manual de Procedimentos para Formalização de Convênios, desenvolvido pela Pró-Reitoria de Planejamento e Administração (PROPLAD), no que concerne à celebração de acordos de cooperação internacional discorrendo sobre a abertura de convênios internacionais, a Assessoria para Relações Internacionais (ARI) destaca a importância de manutenção do indicado pela Resolução n° 1126/2015 CEPE/UEMA, no art. 2º, e também pela Resolução n° 1219/2016 CEPE/UEMA, Art. 2º, I.

Os documentos apontam de onde deve ser iniciada a formalização de processo, quando se trata de acordos e convênios internacionais, isto é, na ARI, por encaminhamento do Magnífico reitor devido ao formato acolhido abaixo:

  • Verificação da universidade a ser conveniada;
  • Carta de responsabilidade do proponente /coordenador;
  • Ofício de intenção;
  • Minutas de Convênio (com ou sem tradução).

Em seguida, tal acordo ou convênio será encaminhado à PROPLAD e submetido à Assessoria Jurídica. Seguindo para assinatura do magnífico reitor e, finalmente, enviado para a IES estrangeira para coleta de assinatura. O processo final é arquivado na ARI, sendo enviadas cópias para a PROPLAD e demais interessados.

Conheça os modelos para formação de convênios

Dessa forma, a ARI mantém o levantamento atualizado de convênios da UEMA em seu site bilíngue.

Saiba mais sobre outros ACI com diversas universidades aqui.

Por Raysa Guimarães

Compartilhar.